Gente que se merece

A velhacaria sem pejo dessa gente, que a tudo mede pela mesma régua de sua índole delinquente e de mentalidade instintiva, chega até mesmo a ser de uma pieguice assustadora, ainda que, sempre previsível.

Redação - 16 de fevereiro de 2022, 11:02

Foto/Paraná Portal
Foto/Paraná Portal

Alceo Rizzi

A velhacaria sem pejo dessa gente, que a tudo mede pela mesma régua de sua índole delinquente e de mentalidade instintiva, chega até mesmo a ser de uma pieguice assustadora, ainda que, sempre previsível. Desta vez com uma capacidade de superação exponencial, na operação disparada pelas redes sociais com vídeos de falsos depoimentos do presidente da Rússia, Vladimir Putin, declarando não pretender invadir a Ucrânia ou fazer guerra, atendendo a pedido do colega brasileiro recém desembarcado em Moscou. 


O sujeito, aborrecido, mal conseguiu sair do hotel. Fez passeio vigiado de hora e meia, após negociação diplomática entre os dois países, para desfazer e não assumir o mico vexatório e humilhante de se ver obrigado a ficar confinado em quarentena no Hotel onde está hospedado em Moscou, para onde voltou em seguida. Porque não é vacinado contra a Covid.

Enquanto isso, párias criminosos, incluindo ministros e ex-ministros divulgam em suas redes sociais capas falsificadas da revista americana Times com títulos de que o presidente convenceu Putin e evitou nova guerra mundial. É cômico como esses idiotas acreditam que todos lhes sejam assemelhados.


Gente abjeta, da mais rasa e indigente dignidade, aculturada pela convivência e prática de toda a sorte de patifarias com as quais construíram suas biografias. E que por isso mesmo estão onde se encontram, em cargos de comando ou próximos dele, em benefício próprio ou por serem apenas ao que servilmente se prestam, por falta de outras qualificações. 

Gente que escandalosamente se merece dentre os dejetos da História. Nunca o lixo humano se demonstrou com tanta intensidade e falta de vergonha.

Alceo Rizzi é jornalista

Leia também:
« arraste para o lado »