Gleisi já admite falha do PT e vê avanço de Bolsonaro no Whats

Pedro Ribeiro


Gleisi Hoffmann está prestes a entregar os betes. Pelo menos deu a entender nas entrelinhas de recente entrevista onde a presidente nacional do PT disse que o partido subestimou a campanha no WhatsApp, instrumento das redes sociais que permitiu ao candidato Jair Bolsonbaro construir uma relação direta e forte com a sociedade e principalmente com os eleitores.

Bolsonaro usou instrumentos para se comunicar diretamente com o povo. Essa coisa de WhatsApp. A comunicação do Bolsonaro é organizada, orquestrada e construída. Tem um erro do PT: de termos subestimado o WhatsApp; não nos preparamos”, reconheceu Gleisi.

Segundo o jornalista e diplomata, Pedro Luiz Rodrigues, trata-se de uma declaração falsa. O PT em nenhum momento subestimou o poder da mídia social no convencimento de eleitores, tanto que tem se utilizado amplamente do WhatsApp desde a campanha de reeleição de Dilma Rousseff (2014), tendo gasto muitos milhões para pagar empresas de saturação dessa mídia com mensagens propagandísticas.

O que está fazendo o PT se danar na presente campanha eleitoral não é o WhatsApp, que é um mero instrumento tecnológico, mas a perda de credibilidade do partido. Este, embora há muito tempo tenha se transformado num covil, insiste em querer se apresentar à sociedade com a mesma cara limpa e honesta de seus primeiros anos.

A população não se esqueceu da tapeação maciça de que foi vítima para reeleger o desastre que foi Rousseff. De modo que, hoje, o WhatsApp nas mãos do PT é de absoluta inutilidade: só serve para convencer quem já está convencido.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="563327" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]