Governo acorda à necessidade de investimentos na malha viária do Estado

Pedro Ribeiro


Pesquisa realizada pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT) em 2019 em 108.863 quilômetros do total de 213.453 quilômetros de rodovias pavimentadas no país, o resultado não é nada animador. Segundo a pesquisa, do total sondado, 64.198 (59%) apresenta algum tipo de problema em seu modo geral. 37.628 km estão em estado considerado regular, enquanto 19.039 km estão classificados como ruim e 7,531 km como péssimos.

 

Ou acendeu luz amarela no Palácio Iguaçu ou o governador Ratinho Junior em fim se conscientizou da necessidade, urgente, de se formar um mutirão para melhorar a malha rodoviária paranaense, por onde passa a maioria das riquezas do Estado para os grandes centros e exportação.

O Governo do Estado tem, nas mãos, R$ 1,6 bilhão, recursos provenientes de empréstimos autorizados pelo Poder Legislativo para investimentos em obras de infraestrutura. Ao mesmo tempo em que investe na malha viária, o Governo do Estado estará, também, fomentando a agricultura.

Do total de R$ 1,6 bilhão, R$ 1,2 bi será utilizado para a implantação do Trevo Cataratas – esta obra é de responsabilidade da concessionária – e do Contorno Norte de Cascavel, nas rodovias BR-277 e BR 467, além de obras de melhoria, ampliação de capacidade e restauração de rodovias na PR-151, entre Ponta Grossa e Palmeira, na PR-317, o Contorno Norte de Curitiba, e a PR-412 em Matinhos, no Litoral do estado.

Essa decisão do governador Ratinho Junior pode colocá-lo em um novo patamar no Estado, já que existem críticas em relação à sua gestão, onde a oposição e grande parcela da sociedade insistem em afirmar que ainda nada viram neste governo. Agora, com a modernização das rodovias, além de dar mais segurança aos motoristas, irá contribuir para o agronegócio do estado.

Para Ratinho Junior, com estradas em melhores condições o custo e o tempo de transporte são reduzidos, garantindo agilidade, principalmente, no escoamento da safra de grãos do Paraná. A projeção do Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento, é que sejam colhidas até 23,4 milhões de toneladas de grãos em 2020. Se concretizado, o volume será 19% acima da safra do ano passado, quando foram colhidos 19,7 milhões de toneladas.

No Show Rural, em Cascavel, o governador Ratinho Junior destacou o papel importante da Assembleia para a modernização do Estado. Para ele, o trabalho dos deputados estaduais tem sido fundamental para agilizar as ações do Governo e melhorar a vida das pessoas. “A Assembleia tem tido um papel fundamental na modernização do Estado para que possa ser mais ágil e que possa melhorar a vida das pessoas. Aqui em público, com o presidente Traiano que representa todos os deputados, quero agradecer todos os deputados que têm compreendido e feito de forma rápida todas essas implantações que estão transformando o Paraná”.

Além das obras viárias, o recurso do empréstimo vai permitir também investimentos de R$ 300 mi em segurança pública e R$ 100 mi em projetos da Secretaria de Agricultura e Abastecimento que tratam de estradas rurais, apoio às cadeias produtivas e saneamento básico rural.

 

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="682654" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]