Greca cede a pressões e abrirá comércio, embora com critérios

Pedro Ribeiro

curitiba greca ônibus coronavírus

Embora com regras específicas, o prefeito de Curitiba, Rafael Greca, vai autorizar a abertura do comércio a partir desta terça-feira. Ao tomar a decisão, Greca poderá estar colocando em jogo seu projeto político de reeleição ao ir de encontro às recomendações mundiais para que a população fique em casa, pois esta seria a melhor opção para se evitar uma tragédia.
A decisão de Greca, que atende à pedido da Associação Comercial do Paraná (ACP), poderá, também, se transformar em uma manobra , ou seja, uma bomba literalmente jogada no colo do Ministério Público do Estado que já recomendou o contrário na primeira investida da ACP.
Para o pré-candidato a prefeito de Curitiba, João Arruda, Greca está tomando uma medida arriscada, pois ao invés de ouvir autoridades da área da saúde, cede a pressão do comércio, sem uma visão de futuro, principalmente com os picos do coronavírus, conforme alertam infectologistas de todo o mundo.
Greca disse que os comerciantes têm co-responsabilidade com a vida de todos. Entre as recomendações da Prefeitura está o uso de álcool em gel e máscara para todos que saírem às ruas. “Queremos que todos usem máscaras. Nas ruas, no transporte público e em todos os espaços públicos”, reforçou o prefeito.
Como a Prefeitura de Curitiba vai controlar isto ainda ninguém sabe.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal