Greca dá demonstração humanitária com proposta para imunizar a população

Pedro Ribeiro

rafael greca curitiba vacinas multas covid-19

 

Vem de Curitiba, capital do Estado do Paraná, uma proposta nacional que objetiva acelerar a imunização da população brasileira. O prefeito de Curitiba, Rafael Greca, ao encaminhar sugestão ao senador Oriovisto Guimarães, assume protagonismo com  proposta inovadora e  humanitária  nestes tempos de incompetência de um Ministério de Saúde que até agora não sabe para que lado vai a biruta. Bate cabeça para adquirir vacinas contra a pandemia.

A partir de decisão do Supremo Tribunal Federal, que  autoriza compra de vacinas pelos Estados e Municípios, o prefeito Rafael Greca sugere que a liberação seja imediata para cidades que possuem poder de compra (dinheiro em caixa) com recursos próprios.

Com isso, as vacinas do Ministério da Saúde,  destinadas a atender os municípios, que sejam, efetivamente repassadas aos municípios  que não tem condições financeiras para adquirir essas vacinas.

Segundo o senador Oriovisto Guimarães, a idéia do prefeito Rafael Greca é muito boa, porque as atuais vacinas, em poder do Ministério da Saúde, vão atender todos os municípios mais necessitados e, portanto, as cidades que têm condições de comprar as vacinas também estarão imunizando seus moradores.

Fica a sugestão de Greca para que o Ministério da Saúde faça, pelo menos, uma avaliação sobre a proposta do prefeito. Greca, como a maioria dos prefeitos das grandes cidades, sabem que o Ministério da Saúde está incapacitado de atender à demanda, com uma logística capenga que dificilmente cumprirá o plano nacional de imunização.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal