Há algo de podre no reino da travessia

Pedro Ribeiro

ferry boat, ferry-boat, guaratuba, travessia, baía de guaratuba, br travessias, concessionária, filas, encalhe, segurança, der, infraestrutura, litoral, der, balsas antigas

À exceção do secretário da Justiça, Trabalho e Infância, deputado federal Ney Leprevost, que defendeu a construção da ponte entre Matinhos e Guaratuba, nenhum outro membro do staf do Governo do Estado se manifestou sobre o assunto que vem incomodando os usuários do ferry-boat. Nem o próprio governador Ratinho Junior.

É certo que, a estas alturas, não se deve romper um contrato mal feito entre o DER e a empresa que ganhou a licitação e faz, precariamente, a travessia da Baia de Guaratuba. A questão da ponte remonta há 30 anos.

Pelas informações que chegam à coluna, há caroço neste angu. Dos grandes. A suspeita é de que um membro do governo estaria por trás desse negócio. Estamos pesquisando e logo, logo, deveremos ter alguma informação mais precisa, ou, correta, para transmitir aos leitores.

Como diz um amigo: “aí tem!”

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="817515" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]