Há dois anos Sanepar não resolve problema do abastecimento em Curitiba

Pedro Ribeiro

Sanepar mantém rodízio no abastecimento de água no sudoeste do Paraná

 

Simples assim. A Sanepar, vira e mexe, anuncia bilhões de investimentos em captação, distribuição de água tratada e tratamento de esgotos. A mesma Sanepar volta e meia divulga a conquista de prêmios internacionais na área de saneamento e comemora com gala.

Agora, pelas informações levantadas pelo Paraná Portal, há 600 dias, ou quase dois anos, a mesma Sanepar vem promovendo cortes e rodízios no abastecimento de água, principalmente em Curitiba e região metropolitana. A culpa: falta de chuvas. O culpado: quem não investiu ou não fez um planejamento para eventuais estiagens. Em outras palavras, a própria Sanepar.

A premiada Companhia de Saneamento Básico do Paraná iniciou rodízios no abastecimento de água em 2020. Começou com suspensão aos finais de semana e viu os níveis dos reservatórios piorando. Endureceu no rodízio. Em 2021, menos chuvas e níveis dos reservatórios piorando e endurecimento do rodízio.

Bem, ai, enfim, veio a ANA – Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico – e disse que o Paraná precisava investir em captação de água. Isto foi em outubro de 2021, perto de dois anos após os primeiros sinais de desabastecimento.

Simples assim.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="799785" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]