Imagens de satélite ajudarão TCE a fiscalizar obras

Pedro Ribeiro


O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, confirmou a formalização de acordo com o Tribunal de Contas do Estado do Paraná para a utilização de imagens de satélite na fiscalização de obras públicas. O anúncio foi feito pelo ministro nesta segunda-feira (8), em entrevista ao programa Opinião no Ar, da Rede TV!

“Tem muitas aplicações possíveis para a tecnologia espacial”, destacou o ministro, ao falar sobre o lançamento do primeiro satélite 100% brasileiro, o Amazônia-1, ocorrido em 28 de fevereiro.

Segundo o presidente do TCE-PR, conselheiro Fabio Camargo, idealizador da parceria, o convênio permitirá melhorar a fiscalização das obras públicas no Paraná, para evitar atrasos, pagamento por serviços não executados e desvio de dinheiro público. “Acredito que conseguiremos isso com o acesso em tempo real a essas obras, por meio de imagens de satélite”, afirmou o presidente.

Camargo destacou que o Tribunal não tem condições de acompanhar presencialmente as 3.600 obras em andamento no Paraná, especialmente neste momento, em que as viagens das equipes de fiscalização estão suspensas, devido à pandemia da Covid-19.

A parceria entre o Ministério e o TCE-PR foi debatida em reunião online realizada em 18 de fevereiro, com a participação de Pontes, Camargo, diretores e técnicos dos dois órgãos. Também presente à reunião, o conselheiro Ivan Bonilha, vice-presidente do TCE-PR e presidente do Instituto Rui Barbosa (IRB), levou posteriormente a proposta de estender a utilização das imagens de satélite a todos os Tribunais de Contas brasileiros.

O IRB é a entidade que promove o desenvolvimento científico e a capacitação do Sistema TCs.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="750164" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]