Impressora móvel para controle da jornada de trabalhadores no campo

Pedro Ribeiro


 

Dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada mostram que há uma preocupação no campo em relação à mão de obra que acabou sendo, segundo a pesquisa, o principal item dos custos de produção de laranja. Ou seja, a colheira manual é o que mais encarece para os produtores de citrus. Diante disso, novas tecnologias surgem no mercado como opção para aumentar a lucratividade do produtor. Entre elas, uma impressora móvel que promete revolucionar a atividade no campo.

Em algumas culturas, o emprego da mão de obra rural representa uma parte significativa dos custos de colheita. No cultivo de frutas, como laranja e uva, ou grãos, como o café, por exemplo, existe uma dependência do conhecimento humano no momento de selecionar o fruto ideal. Dessa forma, fazer com que a gestão do trabalho em campo seja cada vez mais precisa e mais produtiva são desafios constantes e diferenciais competitivos no final da safra. Para isso, o agronegócio tem buscado novas tecnologias para auxiliar na apuração dos resultados e na agilidade dos cálculos de pagamento.

Alguns dados do levantamento do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq) demonstram os motivos da preocupação dos empresários rurais.  Segundo a pesquisa, a mão de obra foi o principal item dos custos de produção de laranja, sendo que a colheita manual é o que mais custa para os produtores de citrus, em geral.  Em 2001, o produtor tinha que vender à indústria 22 caixas de laranja para pagar um salário mínimo. Em 2015, essa relação subiu para 47 caixas.

No café a situação não é diferente, a mão de obra também é o principal componente dos custos de produção. De acordo com representantes de cooperativas do segmento, os gastos com a colheita não mecanizada chegam a corresponder por 50% do valor final da saca de café, hoje cotada a R$ 500.

Pensando em levar inovação e solucionar essas dores específicas do segmento, a TOTVS apresenta a sua nova oferta de mobilidade – a Impressora Móvel Agro. Conectada via bluetooth ao seu aplicativo de gestão Agro Mobile (que opera em dispositivos, como tablets ou smartphones), ela transforma o controle da jornada dos funcionários. Com o equipamento na palma da mão, o supervisor consegue imprimir o demonstrativo de produção (conhecido pelo jargão, “pirulito”) e entregá-lo ao funcionário, imediatamente, ao fim do seu período de trabalho.

A mobilidade ajuda o produtor a evitar desconfortos trabalhistas, seguindo as regulamentações e acordos coletivos regionais. Com a emissão do comprovante em campo, o funcionário passa a conhecer e controlar a sua produtividade diária, atendendo a uma reivindicação constante dos trabalhadores e sindicatos de classe. Sem o apoio da tecnologia, tudo era feito por um fiscal, com prancheta, papel e caneta – que anotava a produção de cada um e depois transcrevia a informação para o sistema, processo sujeito a erros. O ticket era entregue ao trabalhador, em geral, no dia seguinte, passível de divergências entre as partes.

Pela visão do negócio, a agilidade na gestão da mão de obra impacta diretamente nos resultados – quanto mais rápidos forem processados os apontamentos de horas a pagar, a conferência desses dados e a homologação de quanto o trabalhador irá receber, melhor e mais precisas ficam as previsões de custos das colheitas. Não é feito “na ponta do lápis”, é a tecnologia atuando para garantir velocidade e competitividade às empresas.

A mobilidade pode garantir um fluxo contínuo de trabalho e atender a questões bastante delicadas do agronegócio. Inovar nas nossas soluções é colocar na mão do produtor rural uma nova forma de se praticar a atividade agrícola no Brasil, com foco em produtividade e competitividade”, finaliza Fábio Girardi, diretor do segmento de Agroindústria da TOTVS.   

Cabe na palma da mão:

A Impressora Portátil de Cupom PP-10 B – Bematech é leve, pesa apenas 110g, e compacta, com 11cm de comprimento. Pensando na praticidade, ela tem o suporte de uma cinta, presa à calça do usuário, para não precisar ser carregada durante o dia.        

Sobre a TOTVS

Provedora de soluções de negócios para empresas de todos os portes, atua com softwares de gestão, plataformas de produtividade e colaboração, hardware e consultoria, com liderança absoluta no mercado SMB na América Latina. Com aproximadamente 50% de marketshare no Brasil, ocupa a 20ª posição de marca mais valiosa do país no ranking da Interbrand. A TOTVS está presente em 41 países com uma receita líquida de mais de R$ 2 bilhões. No Brasil, conta com 15 filiais, 52 franquias, 5 mil canais de distribuição e 10 centros de desenvolvimento. No exterior, conta com mais 7 filiais e 5 centros de desenvolvimento (Estados Unidos, México, China e Taiwan). Para mais informações, acesse o website www.totvs.com.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="534477" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]