Intervenção no MDB abre portas e janelas para Sergio Souza e Pessuti

Pedro Ribeiro

deputado

Continua dando panos para manga a truculenta intervenção da direção nacional do MDB no partido no Paraná, deixando pasmos várias lideranças regionais e esfregando as mãos grupos que, há anos, tentam assumir a agremiação. Há informações de que o ex-governador Roberto Requião está apoiando esta perniciosa escalada e que isto seria fruto de um entrevero entre seu filho, o deputado Requião Filho e o também deputado, Antonio Anibelli Neto, atual presidente interino do partido.

Embora no meio político tudo se esquece rapidamente, é bom lembrar, neste caso, que o então governador Roberto Requião demitiu, à época, o chefe de gabinete do vice-governador, Orlando Pessuti,  o atual deputado federal Sergio de Souza, alegando que ele interagia com as lideranças emedebistas do interior com exclusivo interesse próprio. Passados alguns anos, o mesmo Requião passou, indelevelmente a elogiar o seu algoz, dizendo que Valdir Rossoni, que tentava se candidatar ao Senado, não chegava nem aos pés de Souza.

Neste imbróglio que, certamente, há interesses em partes, a intervenção do presidente nacional do MDB, Baleia Rossi, acaba fortalecendo o deputado Sergio de Souza e a equipe liderada pelo ex-governador Orlando Pessuti, um dos mais autênticos emedebistas do Paraná. Silencioso, Pessuti está, aparentemente, fora da mídia mas há quem sustente que o velho guerreiro do MDB velho de guerra está ativo nos bastidores.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal