Jornalistas impedidos de cobrir solenidade no Senado com presença de Bolsonaro

Pedro Ribeiro


 

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, começa a dar tiros no próprio pé. O comunicado da diretoria do Senado de que jornalistas não poderão acompanhar a sessão solene desta terça-feira em que se comemora os 30 anos da Constituição em razão da presença do deputado federal e presidente eleito, pode ser o início da censura à imprensa no país.

A justificativa é a de que seria preciso “esquema especial de segurança” no acesso ao plenário e às dependências do Congresso que será restrito e a circulação controlada com mais rigor. Como se jornalistas fossem bandidos e que não estariam ali apenas cumprindo seu papel de informar à população o que acontece no Congresso Nacional.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="568744" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]