Lady Drive, oportunidade de emprego e mais segurança para as mulheres em Maringá

Pedro Ribeiro


 

Aplicativo de transporte exclusivo para mulheres inicia cadastro de motoristas em Maringá. Lady Driver deve começar a operar na cidade em outubro, mas, as motoristas já devem se cadastrar

 

O app foi criado para oferecer mais segurança e comodidade ao público feminino, que trabalha como motorista ou que utiliza aplicativos para se locomover.

O cadastramento é simples. Basta a motorista baixar o aplicativo Lady Driver, disponível para Android: (https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.ladydriver.driver). Para passageiras o app está disponível também para IOS e Android.

É necessário ter CNH com observação de que exerce atividade remunerada (EAR); o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV); e o carro deve estar dentro do padrão exigido pela Lady Driver e pela legislação local: no máximo 10 anos de fabricação, 4 portas, ar condicionado, IPVA e licenciamento em dia.

Além disso, a motorista deve ter conta bancária (não é possível cadastrar conta de terceiros), e comprovante de residência.

Mulheres que não tem as documentações, ou até mesmo, não tem carro, mas, querem uma nova fonte de renda, a empresa dá suporte à legalização e aluguel de carro.

Oportunidade de emprego

Com a chegada do aplicativo a Maringá, muitas mulheres serão inseridas no mercado de trabalho e poderão assumir um papel de protagonismo na família, seja como provedoras ou como forma de complementar a renda do lar, explica a embaixadora Lady Driver Maringá Thais Bacelar

“A Lady Driver oferece a oportunidade de inserção no mercado de trabalho, com a liberdade e segurança que as mulheres merecem tanto para trabalhar, quanto no dia a dia. O app chega em Maringá para trazer protagonismo às mulheres”, explica Thais

Diferenciais

O aplicativo Lady Driver tem alguns diferenciais para as motoristas parceiras, como a forma de remuneração. O pagamento à condutora se inicia a partir do momento em que aceita a corrida para buscar a passageira, e ao final o valor recebido por elas é em média 40% maior que aos demais aplicativos de mobilidade

Outro ponto positivo do aplicativo é que quando a condutora recebe o pedido para aceitar a corrida, ela já sabe o endereço do destino final. Com o intuito de prezar pela segurança das mulheres, o app também é rigoroso quanto ao cadastramento de passageiras. A Lady Driver tem um sistema para verificar a veracidade do CPF do cadastro da passageira, caso não seja real, ela não consegue realizar o cadastro na plataforma.

A Lady Driver, o maior aplicativo de transporte do mundo exclusivo para mulheres e crianças, deve começar a operar nas ruas de Maringá a partir de outubro. Mas antes disso, a plataforma, que já funciona em São Paulo desde 2017, começou a convocar as motoristas interessadas em se cadastrar e fazer parte do time.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="787646" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]