Leal Junior denuncia esquema de propina que atuava dentro do Palácio Iguaçu

Pedro Ribeiro


Como já era aguardado, sem surpresas, o ex-diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Nelson Leal Júnior, revelou, em depoimento, como funciona o esquema de negócios dentro do Palácio Iguaçu para arrecadar dinheiro para beneficiar políticos, entre eles, o próprio ex-governador Beto Richa.

Nelson Leal foi preso na operação da Polícia Federal que investiga esquema de distribuição de propina da concessionária Econorte. Segundo sua delação, operava o grupo liderado por Beto Richa e do qual faziam parte o chefe de gabinete Deonilson Roldo, Luiz Abi Antoum (o primo-distante), Jorge Atherino, Pepe Richa (irmão de Beto Richa) Ezequias Moreira e empresários que atuam no ramo da construção pesada no estado. Os depoimentos prestados por Nelson Leal Junior foram ao procurador federal Diogo Castor de Mattos.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="551503" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]