Leilane Dalla Benetta assume comunicação de Foz

Pedro Ribeiro


Leilane é uma das mais competentes jornalistas da nova geração. Trabalhamos juntos na revista Documento Reservado e acertou o prefeito Chico Brasileiro na escolha para fazer parte de sua equipe.
  
A jornalista Leilane Dalla Benetta, com 12 anos de experiência em jornal, revistas e assessoria de imprensa, inclusive de prefeituras, é a nova diretora de Comunicação Social da Prefeitura de Foz do Iguaçu. Ela foi nomeada nesta terça-feira, 11, pelo prefeito Chico Brasileiro.
 
Leilane diz que a proposta é fazer dos conteúdos produzidos pela comunicação da prefeitura um diálogo frequente com os cidadãos e líderes comunitários, além de se integrar às instituições e veículos da imprensa para valorizar as iniciativas feitas em conjunto.
 
A nova diretora de comunicação diz que o objetivo é de uma proposta mais aberta de governo, que considera a participação popular como base da boa governança e não exclua vozes da comunidade. Pretende dar maior visibilidade às ações da prefeitura e aumentar a percepção positiva da população sobre as ações do município.
 
Experiência – Leilane Dalla Benetta formou-se em Jornalismo em 2010, pela Universidade do Norte do Paraná (Unopar), em Londrina. Na própria instituição, fez estágio na área de Comunicação. Logo em seguida, por meio de processo seletivo, conseguiu um estágio na Prefeitura de Londrina, onde produziu releases, fez clipagem e atendeu a imprensa, sempre orientada por profissionais.
 
Em 2011, com contrato terceirizado, trabalhou na assessoria de imprensa da Prefeitura de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Depois de um ano, foi contratada como servidora comissionada da Comunicação Social. Na sua função, destacou-se sempre pelo desempenho, assiduidade e qualidade do seu trabalho como jornalista profissional.
 
Em 2013, trabalhou na revista curitibana Documento Reservado e, naquele mesmo ano, foi contratada como repórter das editorias de Cidades e Segurança Pública no jornal Tribuna do Paraná, de Curitiba, que faz parte do Grupo Paranaense de Comunicação (GRPCOM). Além de reportagens, fez edição de matérias especiais.
 
Em 2016, participou do processo seletivo do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), em Foz do Iguaçu, com o qual conseguiu contrato para atuar como jornalista na Comunicação Social, onde produziu press-releases, elaborou textos para internet, participou da atualização das mídias sociais, da elaboração de roteiros e de entrevistas para vídeos institucionais, além da produção de podcasts, desenvolvimento de materiais de comunicação interna e atendimento à imprensa.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="738895" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]