Lições de casa do governador Ratinho Junior a paulistas

Pedro Ribeiro



 

O governador Ratinho Junior vem fazendo direitinho a lição de casa. Não entra em bola dividida, anda junto com o presidente Jair Bolsonaro, ainda com boa aceitação junto à população, tem tudo aprovado na Assembleia Legislativa e anda pelo Estado e pelo País divulgando o Paraná.

Em São Paulo, durante encontro na Associação Comercial de São Paulo, onde estava reunido os Conselhos Polícia e Social (Cops) e de Economia (COE), da entidade, disse que a gestão pública precisa inovar e se modernizar para prestar serviços de melhor qualidade à população. Não disse falou diferente do que estudou.

O governador Ratinho Junior surpreende o Brasil inteiro por estar na contramão e espantar a crise no Paraná, o que é muito bom para o Brasil. Frase do ex-senador Heráclito Fortes, conselheiro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), demonstra que o governador paranaense está surpreendendo que o ouve falar sobre o Paraná.

A ACSP foi palco de uma apresentação do mandatário paranaense, que mostrou aos conselheiros da instituição paulista os potenciais de seu estado. “O senhor é um governador com o farol alto, no momento em que no Brasil só se discute o curto prazo”, disse o ex-deputado e também conselheiro de Itaipu, José Carlos Aleluia.

O ex-governador gaúcho Germano Rigotto elogiou a visão, a capacidade administrativa e de articulação do governante paranaense “Esse processo de pacificação política do Paraná é algo para ser elogiado”, disse.  “É uma figura muito rara no quadro político nacional. É um administrador público de resultado e que se comunica muito bem. É impossível pensar que sua ação política fique restrita ao Paraná”, destacou o cientista político Rubens Figueiredo que sugeriu a Ratinho Junior maior inserção no debate político nacional.

Ratinho foi interrompido por várias vezes pela platéia atenta que queria saber tudo sobre o Paraná. Foi aplaudido e houve quem arriscou falar em seu nome à Presidência da República. É claro que João Dória não anda bem junto à classe empresarial paulista e, portanto, a oportunidade para elogiar o jovem governador paranaense.

“O Paraná está fazendo a lição de casa. Estamos modernizando a máquina pública para ser um instrumento de suporte e de indução do desenvolvimento socioeconômico do Estado”, afirmou Ratinho Junior. Ele destacou que, de modo geral, o setor público brasileiro não acompanhou a evolução de outras áreas da sociedade e parou na década de 1980.

Quando tiver, efetivamente, obras para inaugurar, o tom do discurso deverá ser ainda mais contundente.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro é jornalista com passagens pela Gazeta do Povo, Folha de Londrina e O Estado do Paraná. Foi pioneiro com a criação do jornal eletrônico Documento Reservado e editor da revista Documento Reservado. Escreveu três livros e atuou em várias assessorias, no governo e na iniciativa privada, e hoje é editor de política do Paraná Portal.