Linha Verde na mira dos candidatos a vereadores de Curitiba

Pedro Ribeiro


As obras da Linha Verde sinalizam com críticas à administração atual da Prefeitura de Curitiba pelos candidatos ao cargo de gestor municipal ou mesmo à Câmara da capital. “Há obras que são passadas, de mandato para mandato, como verdadeiras maldições. A Linha Verde é um bom exemplo. A nova previsão de entrega da via é dezembro de 2021, quando completará uma década e meia de execução”, observa a candidata a vereadora, Indiara Barbosa, pré-candidata do Partido Novo.

Segundo seus estudos, a obra caminha para atingir um investimento total de R$ 485,9 milhões (somando-se custos já realizados, em aplicação e os já programados), 128% a mais que a estimativa inicial que era de R$ 213 milhões em 2001, na fase de negociação do primeiro contrato de financiamento do projeto.

A segurança dos cidadãos e a estrutura da cidade têm pressa, pontua Indiara.. “Curiosamente, as obras foram retomadas “a todo vapor” pela atual gestão no ano de 2020. “Infelizmente, a linha Verde é um exemplo prático de como a fiscalização das obras da prefeitura é importante, não importa qual partido esteja no poder”, afirma Indiara Barbosa, pré-candidata do Partido Novo à Câmara dos Vereadores.

Executiva licenciada de uma multinacional de auditoria e consultoria contábil, Indiara tem como uma das principais bandeiras a fiscalização das contas públicas.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal