Lira não salvará governo Bolsonaro que só depende de Bolsonaro

Pedro Ribeiro


O candidato do presidente Jair Bolsonaro, deputado federal Arthur Lira (PP-AL), é o novo presidente da Câmara dos Deputados. A expectativa a partir de agora é se ele vai se submeter, ou seja, ser capacho do governo ou se os compromissos firmados com os demais deputados que o apoiaram durante a eleição e fora do bloco bolsonarista, o obrigarão a ser independente.

O certo é que Arthur Lira até pode ajudar o governo de Bolsonaro, principalmente na área econômica, onde destravará projetos do Executivo, como reformas e outros, mas não deverá ser o salvador do governo Bolsonaro que terá que fazer seu papel, pois os movimentos de ruas contra podem tomar corpo a qualquer momento.

É preciso lembrar também que Bolsonaro tem relação com o MDB de Baleia Rossi que, provavelmente, será oposição.

Arthur Lira foi eleito nesta segunda-feira (1) para comandar a Câmara pelos próximos dois anos, até fevereiro de 2023. Ele teve 302 votos e venceu no primeiro turno.

Com a eleição de Lira e o suposto fortalecimento de Bolsonaro, a oposição para 2022 terá que se reajustar, juntar os cacos, o mesmo acontecendo com o ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM).

 

 

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="743058" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]