Luciano Huck e Alvaro Dias. Água e vinho

Pedro Ribeiro


Com respeito, porém nem todo, ao cientista político, Marecello Faulhaber. Discordo de seu artigo com o título “O Camaleão que corre por fora”, onde sugere que o apresentador e bibelô da Rede Globo, Luciano Huck, corre por fora e teria chances de ir para o segundo turno, caso Lula não dispute as eleições e João Doria também saia do páreo.

Huck, na minha opinião, não passa de um garoto de recados da Rede Globo, sem qualquer conhecimento político. Um menino rico, às custas de fantasias absorvidas por uma camada da sociedade brasileira. Acredito e tenho certeza de que este cidadão não conhece a história política do país, não sabe nada sobre a economia raiz ou internacional e muito menos das sacanagens que acontecem no Congresso Nacional.

Em longo artigo, onde avalia comportamentos da população, dos políticos e o futuro das eleições de 2018, o cientista sequer citou o nome do candidato pelo Podemos, Alvaro Dias. Não afirmo que tem chances, mas quem entra no campo da avaliação política, neste momento, não pode ignorar o senador que tem uma carreira política pautada pela defesa dos interesses da nação.pedro.ribeiro

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal