Marcos Takimura assume coordenação de Medicina da Universidade Positivo

Pedro Ribeiro


O médico e professor Dr. Marcos Takimura acaba de assumir a coordenação do curso de Medicina da Universidade Positivo (UP). Takimura é professor da UP há 15 anos, onde leciona três disciplinas no curso de Medicina. Na Secretaria Estadual de Saúde, onde trabalha desde 1994, é atualmente técnico na Divisão de Saúde da Mulher, ligado à Diretoria de Assistência e Vigilância. Professor da Universidade Federal do Paraná (UFPR) desde 2008 no Departamento de Tocoginecologia, participou da gestão do Complexo Hospital de Clínicas como chefe da Divisão Médica da Maternidade Victor Ferreira do Amaral.

Formado em Medicina pela UFPR, onde leciona desde 2008, Takimura tem residência médica em Ginecologia e Obstetrícia, mestrado em Medicina Interna e formação em Gestão em Saúde pelo Hospital Sírio Libanês / FACIAR. O maior desafio na coordenação do curso de Medicina da UP, segundo ele, será manter a excelência do curso frente às limitações impostas pela pandemia de Covid-19. “Estamos retomando as atividades práticas dentro de todas as recomendações das autoridades de saúde, minimizando todos os riscos com a estrutura de primeiro mundo que a UP oferece, como os laboratórios tecnológicos de práticas médicas”, ressalta.

O coordenador destaca a importância do Centro de Simulação Realística (Cesup), que possui robôs, computadores, manequins, modelos anatômicos e equipamentos para a reprodução de procedimentos como exames ginecológicos, práticas de ressuscitação cardiorrespiratória, intubação traqueal e administração de medicamentos. Entre as vantagens da simulação estão o aprendizado mais ético e seguro, sem risco de danos ao paciente, a possibilidade de repetições de procedimentos para esclarecer dúvidas do estudante, e o aprendizado prático sem a necessidade de contato físico com pacientes.

Desde 2018, o curso de Medicina da Universidade Positivo tem parceria exclusiva com o M.A.R.C. Institute Brazil – ambiente especializado para o treinamento e estudo da anatomia humana, que por meio do Centro de Treinamento Cirúrgico da Universidade Positivo (CTC), permite que os estudantes participem de treinamentos realísticos com peças anatômicas humanas (fresh frozen specimens). O curso também conta com parceria com o Hospital Israelita Albert Einstein, sete hospitais de Curitiba, além de dois anos de internato e inserção desde o primeiro ano no sistema de saúde. O vestibular da UP para o curso de Medicina acontece no dia 25 de outubro e as inscrições vão até 18 de outubro pelo site universidade.up.edu.br/graduacao/medicina/ .

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal