Maria Tereza Uille Gomes é homenageada em Belo Horizonte pelo Ministério Público

Pedro Ribeiro


A ex-Procuradora-Geral de Justiça do Estado do Paraná Maria Tereza Uille Gomes foi uma das homenageadas pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), durante a cerimônia que ocorreu na noite da última sexta-feira (17), na Procuradoria-Geral de Justiça, em Belo Horizonte (MG). Ela foi agraciada com a Comenda em reconhecimento pela condução da primeira etapa do processo de repactuação do desastre da barragem de Fundão, em Mariana (MG), considerado o maior desastre ambiental do país. A época ela estava como Conselheira do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) (2017/19).
Em seu pronunciamento durante o evento, o Procurador-Geral de Justiça de Minas Gerais, Jarbas Soares Júnior, destacou a chegada da conselheira ao CNJ como representante da Câmara dos Deputados. “Ela cumpriu a missão dada pelo parlamento, sem abandonar seus compromissos anteriores com o Ministério Público”.
Ele também enfatizou a participação da conselheira na renegociação com a empresa Samarco pelos imensuráveis danos causados ao meio ambiente, aos atingidos e a economia dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo. “Ela fez o que até então ninguém havia conseguido, a repactuação dos agentes públicos envolvidos e o avanço nas premissas de um novo acordo em substituição aquele malsinado assinado poucas semanas depois da abominavel tragédia ambiental”, recordou o Procurador-Geral.
A honraria foi entregue pela Procuradora de Justiça Reyvani Jabour Ribeiro. “Me senti muito honrada com essa homenagem do MPMG, por iniciativa do Procurador-Geral de Justiça Jarbas Soares Junior”, afirmou Maria Tereza.
A solenidade foi prestigiada por diversas autoridades, entre elas o Diretor de Pensionistas da APMP, Amarildo Souza de Paula. A cerimônia de outorga da Medalha do Mérito do Ministério Público Promotor de Justiça Francisco José Lins do Rego Santos encerrou as comemorações da Semana do Ministério Público 2021. Neste ano, 11 personalidades foram reconhecidas por seus méritos e relevantes serviços prestados à sociedade e à cultura jurídica, têm contribuído para o desenvolvimento do país e para a justiça social.

Homenageados
Também foram homenageados durante o evento o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Ministro Luiz Fux; o Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, Humberto Eustáquio Soares Martins; o Vice-Governador do Estado de Minas Gerais, Paulo Eduardo Rocha Brant; o artista plástico, Amílcar de Castro (in memorian); o Conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público, Luciano Nunes Maia Freire; a  Secretária de Estado de Planejamento e Gestão de Minas Gerais, Luísa Cardoso Barreto; a Secretária-Geral da Mesa da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Luíza Homem Oliveira; a Deputada Estadual de MG, Marilene Alves de Souza (Leninha); e, a servidora aposentada do MPMG, Maria Aparecida Rodrigues Jabour (in memorian).
Destaques de sua trajetória profissional
Maria Tereza foi a primeira mulher a comandar o Ministério Público do Paraná e também a APMP, instituição em que esteve à frente por quatro gestões. Natural de Londrina, atuou como promotora substituta em diversas comarcas do estado, principalmente do Norte do Paraná.  Atualmente é professora titular do Mestrado em Direito da Universidade Positivo.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="791307" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]