Marun é nomeado conselheiro da Itaipu até 2020

Pedro Ribeiro


 

O Diário Oficial da União desta segunda-feira, 31, traz o decreto de nomeação de Carlos Marun para o Conselho da Itaipu Binacional. Ele substitui Frederico Matos de Oliveira, que renunciou.

Carlos Marun deixa o cargo de ministro-chefe da Secretaria do Governo para ficar na binacional até 16 de maio de 2020. A nomeação é assinada pelo presidente Michel Temer.

A mesma edição do Diário Oficial traz o decreto de exoneração de Frederico Matos de Oliveira e também de outro conselheiro de Itaipu, o diplomata Marcos Bezerra Abbott Galvão, que representava o Ministério das Relações Exteriores. Ele será substituído por um novo representante do Ministério.

Carlos Marun, que é sul-mato-grossense, foi um dos principais articuladores para a construção da ponte entre Presidente Murtinho a Carmelo Peralta, no Paraguai. E também pela nova ligação entre Foz do Iguaçu e o município paraguaio de Presidente Franco.

O novo titular da pasta antes comandada por Marun será o general Carlos Alberto dos Santos Cruz.

Itaipu tem sete membros no Conselho de Administração no lado brasileiro e outros sete no Paraguai. O Conselho de Admininstração é responsável pela análise e aprovação ou rejeição de todos os atos da Diretoria Executiva.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal