Medidas no Paraná tem que ser cumpridas, afirma Ratinho Junior

Pedro Ribeiro

paraná ratinho junior coronavírus SP

Enfim, o governador Ratinho Junior toma uma decisão técnica e política em relação à pandemia e parece não estar preocupado, pelo menos neste momento, com qualquer ônus ou perda política junto a municípios que se recusam a cumprir o decreto governamental para combater o coronavírus, entre eles Londrina e Cascavel.

Nossas decisões são pontuais e regionais, um trabalho de acupuntura. Fomos atrás do que deu certo em outros países para implantar no Paraná. Sobre o grau das medidas, Ratinho Junior observa que é igual passarinho na mão, não pode apertar demais que sufoca, ou soltar demais que voa.

“Reiteramos a importância de adesão ao decreto do Estado. Neste momento, todos precisam ajudar, temos que contar com o auxílio e a sensibilidade de todos. Ninguém quer fechar comércio ou qualquer outra atividade. Mas o cenário é preocupante, são mais de 700 paranaenses mortos. Muitos prefeitos estão sensíveis e nos acompanhando na decisão. Agora não é o momento de politizar a situação. Isso tem que ficar para o momento oportuno. Agora é hora de pouparmos vidas”, pontua o secretário de Saúde, Beto Preto.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro é jornalista com passagens pela Gazeta do Povo, Folha de Londrina e O Estado do Paraná. Foi pioneiro com a criação do jornal eletrônico Documento Reservado e editor da revista Documento Reservado. Escreveu três livros e atuou em várias assessorias, no governo e na iniciativa privada, e hoje é editor de política do Paraná Portal.