Moro pede para STF divulgar seu depoimento contra Bolsonaro

Pedro Ribeiro

Moro defesa assiantura valeixo

Em seu depoimento na Polícia Federal, o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, indicou os generais Augusto Heleno e Braga Netto, como testemunhas das ameaças de Bolsonaro em demiti-lo caso não trocasse o diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, em reunião gravada pelo Palácio do Planalto. Moro pediu ao Supremo Tribunal Federal para divulgar o teor de seu depoimento contra o presidente.

Como resultado disso, o Procurador-geral da República, Augusto Aras, solicitou ao ministro do Supremo Tribunal Federal as oitivas dos ministros Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), Augusto Heleno Ribeiro Pereira (Gabinete de Segurança Institucional da Presidência) e Walter Souza Braga Netto (Casa Civil), da deputada federal Carla Zambelli (PSL/SP) e dos delegados Maurício Valeixo, Ricardo Saadi, Carlos Henrique de Oliveira Sousa, Alexandre Saraiva, Rodrigo Teixeira e Alexandre Ramagem Rodrigues.

O PGR também quer ouvir os delegados da Polícia Federal Maurício Valeixo, o diretor-geral exonerado por Bolsonaro, Ricardo Saadi, ex-superintendente da PF no Rio, Carlos Henrique de Oliveira Sousa, ex-chefe da corporação fluminense, Alexandre Saraiva, superintendente no Amazonas, Rodrigo Teixeira, ex-chefe da PF em Minas e Alexandre Ramagem Rodrigues, o primeiro escolhido por Bolsonaro para a chefia da PF que foi barrado pelo Supremo.

Aras quer que os delegados prestem informações acerca de ‘eventual patrocínio, direto ou indireto, de interesses privados do Presidente da República perante o Departamento de Polícia Federal, visando ao provimento de cargos em comissão e a exoneração de seus ocupantes’.
No documento, o PGR requer que as diligências e o agendamento das audiências se dê em até cinco dias após a intimação dos citados.

Os documentos relacionados à exoneração de Maurício Valeixo também são solicitados por Aras. O PGR quer comprovantes de autoria das assinaturas da exoneração publicada no Diário Oficial da União no último dia 23, além de eventual documento com pedido de exoneração, a pedido, encaminhada por Valeixo ao presidente.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro é jornalista com passagens pela Gazeta do Povo, Folha de Londrina e O Estado do Paraná. Foi pioneiro com a criação do jornal eletrônico Documento Reservado e editor da revista Documento Reservado. Escreveu três livros e atuou em várias assessorias, no governo e na iniciativa privada, e hoje é editor de política do Paraná Portal.