Morre em Curitiba o arquiteto Manoel Coelho

Pedro Ribeiro


O arquiteto e urbanista Manoel Coelho, de 80 aos, morreu na manhã desta quinta-feira (4), em Curitiba. Ele deixa a esposa Denise, três filhos e uma neta. Coelho nasceu em Florianópolis (SC), em 1940. Formou-se em 1967, com a primeira turma do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Paraná (UFPR), onde foi professor titular e coordenador do curso por vários anos, participando também da coordenação de implantação dos Cursos de Design, em 1975.

Participou desde o início do processo de Planejamento Urbano de Curitiba, como estagiário do IPPUC – Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba, depois como arquiteto da equipe técnica e posteriormente como técnico consultor, desenvolveu uma série de projetos para a Cidade.

Desde 1973, coordenava  a área de Planejamento Físico da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), onde desenvolveu os projetos de todas as instalações dos Campus Curitiba, Londrina, São José dos Pinhais, Toledo e Maringá.

Foi presidente do Instituto de Arquitetos do Brasil, Departamento do Paraná e ocupou a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano de Curitiba. De 1975 a 1980 coordenou um projeto de Desenvolvimento Urbano para a Cidade de Criciúma, Santa Catarina, abrangendo Projeto de Identidade Corporativa, Mobiliário Urbano, Sistema de Circulação, Paço Municipal, Centro Cultural e Centro Esportivo.

A partir de 1999 projeta as instalações da Universidade Positivo, com 15.000 alunos, em uma área de 440.000,00 m²., que abriga os edifícios didáticos, esportivos, o grande Teatro Positivo e o ExpoUnimed. Proferiu palestras em várias cidades brasileiras e em alguns países; foi homenageado na 5 ª Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo com Sala Especial e recebeu vários prêmios, destacando-se pelos projetos na 3 ª Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo; Selo de Excelência na 2ª Bienal Brasileira de Design e o Grande Prêmio pelo Conjunto da Obra no XV Congresso de Arquitetos Oscar Niemeyer, em 1997. (Com informações do portal MCA). (Contraponto)

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="749081" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]