Morre em Curitiba o empresário Plinio Todeschini

Pedro Ribeiro


O Paraná perde mais um empresário. Morreu na tarde desta sexta-feira (03) o empresário curitibano, Plinio Todeschini, um dos fundadores do grupo Indústrias Todeschini, tradicional na fabricação de massas. Com 83 anos de idade, Plinio estava internado com problemas renais e acabou falecendo. No mês passado o empresário perdeu a esposa, Sueli Todeschini.

Plinio, além de ex-atleta e também fundador do time de futebol amador Malutrom – Junção das famílias Malucelli e Trombini – onde jogou por muitos anos na zaga da equipe era, também, um dos melhores tenistas do Clube Curitibano. Tinha, também, paixão por pescaria. Era frequentador de Morretes, onde passava fins de semana com a esposa na casa do industrial Lenomir Trombini.

Plinio deixa filhos, Paulo, André, Bethi e Tina e netos e muitas saudades dos amigos do Malutrom, entre eles, Joel Malucelli, Rosaldo Malucelli, Waldemar Malucelli, Juarez Malucelli, Lenomir Trombini, João Francisco Bittencourt, Heinz Herwig e Sergio Malucelli, entre outros. Era atleticano roxo.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="787846" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]