Nelson Teich já sente o cheiro da fritura no Palácio do Planalto

Pedro Ribeiro

teich ministro saúde isolamento

Pelo jeito, o ministro da Saúde, Nelson Teich, está mais perdido do que biruta e vai pelo mesmo caminho do ex-ministro Luiz Henrique Mandetta. A começar por não ter conhecimento de que o presidente Jair Bolsonaro havia liberado funcionamento de academias e de salões de beleza das restrições durante a pandemia.

É vergonhoso, não apenas para um ministro não ter conhecimento do que se passa dentro da sua pasta e com certeza vai sujar seu currículo ou sua biografia. Deveria, por exemplo, chegar no Palácio do Planalto e dizer: “bem pessoal, não deu, fui…”.

Mais grave, a tentativa de atribuir a decisão a uma eventual avaliação que tenha sido feita pelo Ministério da Economia. Pode ter o currículo acadêmico que tiver, e que o qualifique, mas na Universidade da vida costuma-se identificar essas coisas como submissão e pior, um caráter covarde em atribuir a outros eventual contrariedade a atos que seria de sua competência.

Há dignidade e virtude também na fraqueza e na impossibilidade de agir corretamente. Desde que admitidas. O que parece não ser o caso, diz o amigo jornalista, Alceo Rizzi.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="698281" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]