No Paraná, tudo dá certo e houve registro de perto de 130 mil empresas este ano

Pedro Ribeiro


 

No Paraná, pelo jeito, tudo acontece ao contrário do que se fala. Pelo menos quando o assunto é sobre alguma coisa negativa. Aqui parece que tudo vai muito bem. Enquanto no país há uma queixa generalizada com empresas fechando portas e aumentando o desemprego, a Junta Comercial do Paraná (Jucepar) divulga uma nota, através da Agência Estadual de Noticias, informando que registrou a abertura de 129.728 novas empresas nos primeiros oito meses de 2019. O número é 6% maior do que o mesmo período do ano passado (121.834), reforçando o índice de criação de postos de trabalho no Estado. Bem, se houve efetivamente o registro de quase 130 mil empresas, pressupomos que houve, também, no mínimo, um aumento de 130 mil postos de trabalho se cada uma dessas empresas registrar pelo menos um trabalhador.

Diante deste favorável quadro, o governador Ratinho Junior só tem a comemorar e destaca que o Paraná busca facilitar a vida de quem quer empreender, fazendo do poder público um parceiro do setor privado. Uma das ações é o programa Descomplica, lançado no dia 14 de agosto, para simplificar e facilitar a vida dos empreendedores. “Atacamos aquilo que era um dos maiores problemas do Estado, com uma fila de quatro mil pedidos para abrir empresa. A medida acabou com o problema, não com quem quer investir”, afirmou o governador.

Até julho, foram abertas 40.537 vagas, fazendo do Paraná a quarta unidade da federação que mais empregou no período, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia.

Os dois últimos meses marcam, inclusive, o melhor período do ano até o momento, com a abertura de 36.863 novos negócios. Foram 19.120 em julho (26% superior ao mesmo mês no ano passado) e 17.743 em agosto (1% maior do que em 2018). Sociedades empresárias limitadas, empresas individuais e Eirelis (Empresa Individual de Responsabilidade Limitada) puxaram a fila das inscrições. No ano, o saldo entre aberturas e fechamentos é positivo no Estado: 77.870 novos negócios.

O programa atua com liberação do CNPJ e das autorizações para empresas de baixo risco em menos de 24 horas; soluções para fechamento de empresas, e a instalação de um comitê permanente de desburocratização com a participação da sociedade civil.

 

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro é jornalista com passagens pela Gazeta do Povo, Folha de Londrina e O Estado do Paraná. Foi pioneiro com a criação do jornal eletrônico Documento Reservado e editor da revista Documento Reservado. Escreveu três livros e atuou em várias assessorias, no governo e na iniciativa privada, e hoje é editor de política do Paraná Portal.