Nova greve daqui a cinco meses

Pedro Ribeiro


 

Em agosto, depois que terminar o recesso escolar de julho, os professores que suspenderam a greve vão se reunir em assembleia geral para uma análise da proposta do governador Ratinho Junior de 5,8% de reajuste da data-base dividido em três parcelas, sendo a primeira em janeiro de 2019.

O governador que coloque as barbas de molho. Este ano não haverá nova greve, mas daqui a cinco meses, com certeza, teremos outro barulho. Não apenas para o pagamento de uma das parcelas, mas para a continuidade do reajuste da data-base e consequente a reposição da inflação. Isto nunca acaba.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal