O problema da polícia com o prende e solta

Pedro Ribeiro


 

Em referência à reportagem do Paraná Portal sobre a instabilidade no centro de Curitiba, a redação recebeu dezenas de emails e informações no whats, dando conta da preocupação dos transeuntes com os ‘trombadinhas’ e principalmente os ladrões que se utilizam de bicicletas para roubar e fugir e muitas vezes ferindo as vítimas. Há, também, um certo receio com os moradores de ruas, pessoas vulneráveis que precisam de acolhimento e vida digna.

Voltamos a falar com Camilo Turmina, presidente eleito da Associação Comercial do Paraná, que assume o cargo em janeiro de 2020, que reafirmou a constância destes pequenos furtos na extensão da rua XV de Novembro e que tem contado com total apoio da Polícia Militar para atender os lojistas e fazer apreensões, quando necessário. Turmina considera importante que os centros comerciais dos bairros e da região central sejam tratados como shopping centers, com prioridade para atuação do policiamento preventivo. “Nossas áreas comerciais em toda a cidade são shopping centers a céu aberto”, comentou Turmina.

Turmina disse ao Paraná Portal que tem conversado com frequência com o comando da Polícia Militar e também com delegados responsáveis da Polícia Civil. Os comandos das Polícias Civil e Militar se preocupam com as prisões por pequenos delitos, que resultam na soltura destes criminosos de menor poder ofensivo por determinação do Ministério Público. O presidente eleito da ACP defende que ciclistas tenham espaços próprios e que não circulem entre pedestres por praças e calçadas.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro é jornalista com passagens pela Gazeta do Povo, Folha de Londrina e O Estado do Paraná. Foi pioneiro com a criação do jornal eletrônico Documento Reservado e editor da revista Documento Reservado. Escreveu três livros e atuou em várias assessorias, no governo e na iniciativa privada, e hoje é editor de política do Paraná Portal.