O terceiro candidato apoiado pelo Palácio Iguaçu

Pedro Ribeiro


 

A união entre a governador Cida Borghetti (PP) e o senador Roberto Requião (PMDB), que começou a ser consolidada desde o último sábado, quando os dois estiveram juntos em eventos de liberação de recursos em Mandaguari, está sendo avaliada com lupa pelas equipes tanto do senador quanto da governadora. Detalhe: rejeição de ambos.
Em todas as pesquisas que foram divulgadas até agora, Cida Borghetti apresenta um  alto índice de rejeição entre os três primeiros colocados.  Na escolha para o Senado, Requião também aparece com os maiores índices de rejeição.
Os analistas de plantão no Centro Cívico ainda não entenderam a lógica dessa união. Sem contar que o grupo de Cida já teria dois pré-candidatos ao Senado: Beto Richa (PSDB) e Alex Canziani (PTB) e são apenas duas vagas. Requião seria o terceiro candidato apoiado por Cida e Ricardo Barros?

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="534106" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]