Oriovisto diz que Bolsonaro precisa ter coragem e cortar gastos públicos

Pedro Ribeiro


O senador Oriovisto Guimarães (Podemos) voltou a se manifestar, no Senado Federal, sobre sua preocupação em relação ao país e que o governo federal não tem, para ele, um projeto nacional à nação. “Me preocupo com o impasse que estamos enfrentando. Não me oponho ao fato de o Governo Federal precisar ajudar quem precisa, mas também não podemos deixar de cumprir o Teto de Gastos, pois a situação fiscal brasileira é grave. A única solução, a meu ver, é cortar gastos. O governo Bolsonaro precisa criar coragem para fazer cortes no serviço público”, afirmou.

O caso do curriculo

Guimarães também se manifestou em relação à indicação do presidente Jair do novo ministro do Supremo Tribunal Federal, Kassio Marques. O senador disse que as revelações recentes sobre o currículo de Kassio Marques o fazem lembrar do “episódio Decotelli”.

“As informações me deixam extremamente preocupado e me lembram muito o episódio Decotelli no Ministério da Educação”, disse o senador. “Essa história de concluir um doutorado e poucos dias depois já ter mais de um pós-doutorado é extremamente preocupante”.

“Essa outra história de ter plágio na dissertação também é extremamente preocupante. Tudo isso já vem a se somar a outras preocupações que eu tinha. As pessoas que o cercam, as indicações, a forma como isso está sendo conduzido”, disse o senador.

“Quanto à reputação dele eu nada posso dizer porque não o conheço. Mas quanto ao notável saber jurídico, ele não é um dos expoentes de conhecimento jurídico no Brasil. Embora eu não seja advogado, eu poderia citar várias outras pessoas com conhecimento jurídico muito mais notório que o dele”, disse Oriovisto.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal