Sintonia Fina
Compartilhar

Osmar e Cida, juntos, sem chances. Vejam, porque

 Se alguém ainda aposta que há um “acordo” entre o deputado federal Ricardo Barros, que coordena a campanha ..

Pedro Ribeiro - 21 de junho de 2018, 13:06

Foto: Rodrigo Felix Leal
Foto: Rodrigo Felix Leal

 

ANÚNCIO

Se alguém ainda aposta que há um “acordo” entre o deputado federal Ricardo Barros, que coordena a campanha de sua esposa, Cida Borghetti, ao Governo do Estado, em um possível segundo turno, com o pré-candidato do PDT, Osmar Dias, é bom rever a posição. É só assistir ao vídeo postado nas redes sociais onde Dias faz duras críticas ao aumento das tarifas das contas de luz e água e emenda: estes reajustes têm causa: incompetência e corrupção no governo estadual durante os últimos oito anos. Para bom entendedor, Cida fez parte do suposto governo corrupto.

Correção

Na nota acima, agora devidamente corrigida, errei ao dizer que Osmar Dias é pré-candidato ao Governo do Estado pelo PT. Ao invés de PT, leia-se PDT.