Painéis de R$ 16 milhões estão jogados no pátio da Setran, na CIC

Pedro Ribeiro


 

Por Aroldo Murá

 

Prefeitura não se pronuncia sobre o assunto, que “desperta” interesse do coronel Felix, militar da Inteligência que comanda a Setran. Mas ele não tem a ver com o rolo que se direciona para beneficiar o ICI. Enfim, ’gratitudes’ do Greca que vão aumentando.

 

A cobrança ao prefeito Rafael Valdomiro Greca de Macedo se amplia e ganha novos contornos, com a reiterada pergunta: “Afinal onde estão os milionários painéis, importados da Espanha, adquiridos a uma empresa espanhola, a IEESA, por R$ 16 milhões, em valores atualizados?” Os painéis deveriam estar monitorando o trânsito de Curitiba, tal como a prefeitura da cidade anunciou fartamente em 2015, quando eles foram implantados . Mas sumiram, e agora o alcaide estaria se aprontando para entregar essa missão ao ICI, com novos custos milionários. Temos repetido a indagação, na esperança de que alguém da Prefeitura – talvez Rosângela Batistella, que confirmou a ordem de compra em 2015, na URBS – possa explicar.

BOCA FECHADA

Até agora, Rosângela e o alcaide não falam. Nem o secretário de Trânsito, coronel Felix, um dos alvos prediletos de Rosângela, que nunca escondeu discordar de sua presença na secretaria. Ela, uma obcecada por comando, teria dito, em roda de amigos, dias atrás: “O comandante, aqui sou eu. Mesmo sem farda…” Acontece que o coronel tem uma longa e preciosa ficha de serviços à comunidade.

Na posição atual, por indicação do governador Ratinho Junior, o coronel foi até ano passado comandante da PMEP. Tem uma fértil folha de serviços, especialmente na área de Inteligência… Quer dizer: o homem, na sua aparente quietude, é dos que sabem que calar é ouro. Mas até quando for a hora de falar. Ontem, um ex-comandante da GMC comentava com este espaço: “Já imaginaram se o coronel Felix, um evangélico exemplar, nada a ver com aqueles caça-níqueis, resolver colocar a boca no trombone?”

TESTEMUNHO DA HORA

Flávio Lima, exemplar servidor público, que comeu o pão que o diabo amassou em organismos da Prefeitura de Curitiba, é um arquivo vivo do histórico de erros da GMC, Setran e Urbs. Dele é o trecho que segue, e que retiro de mensagem que me mandou no Face Book, sobre o assunto painéis: “Esases painéis estavam jogados lá no pátio da Setran na CIC. E adivinhem quem era o responsável máximo pelo trânsito na época? Só como dica: na época o responsável era a diretoria de trânsito…”. “A diretora”.

O que, então, pode identificar Rosângela Batistella, a poderosa dos dias atuais. Foi ela quem deu o pode para a compra milionária, valor de R$ 16 milhões atuais. Esse assunto, o da compra e da viagem de um grupo de funcionários da Prefeitura, com mordomias e tudo mais pagos pela IEESA, é daqueles temas que viraram “assunto proibido”. E quanto antes se esquecerem dele, “melhor para muita gente graúda”, observa um vereador que, com sabedoria, a tudo vai anotando “para futuras campanhas”.

Discordo desse vereador: ele deveria expor, escancarar para o conhecimento de todos, o mau uso do dinheiro público, como este dos painéis, que foram para o lixo, como sucata. Mas o vereador pertence a uma “guilda” poderosa, quase cento por cento na chamada “base do prefeito”. Acho que ele teme ser patrulhado se mostrar oposicionista de alto coturno…

PINTURA DE RUAS

Ainda outra observação oportuna de Fábio Lima. Ele cita minha indagação apresentada neste neste espaço em 17 de agosto, sobre a máquina de pinturas de ruas, que sumiu: “Esta máquina custou a bagatela de um pouco mais de R$ 100 mil ! Um lixo que nunca funcionou! E o pior: essa máquina foi fabricada em uma empresa de Pinhais; porém a empresa ganhadora é lá do Maranhão! E vale lembrar que a empresa de Pinhais já havia fabricado outra máquina de pintura, que também estava abandonada lá no pátio da CIC. E, por coincidência, também foi adquirida pela atual gestora do trânsito…”

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="790282" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]