Para salvar vidas, Ratinho Junior terá que dobrar os joelhos para prefeitos. Só assim

Pedro Ribeiro


O Brasil registra 1.252 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas elevando para 61.884 o número de vítimas fatais. São mais 48.105 diagnósticos positivos, o que subiu para 1.496.858 o total de casos confirmados da Covid-19 no País.

O Paraná confirma mais 2054 casos e 44 mortes, números recordes registrados e divulgados pelo governo nesta quinta-feira. O Estado chega a 26.024 contaminados e 693 óbitos.

A pandemia chegou a mais de 90% dos municípios do Paraná. No total, são 26.024 casos confirmados e 693 mortos desde março. A maior parte dos óbitos foi registrada em junho e há perspectiva de maior avanço ao longo do período de inverno.

O maior número de registros de mortes em um dia tinha sido no dia 28 de junho, com 42 vítimas.
Dados da Secretaria da Saúde do Estado indicam que 798 pacientes com a covid-19 confirmada estão internados. 517 deles estão em leitos enfermaria enquanto 281 estão em leitos UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Existem outros 741 pacientes internados com suspeita do coronavírus, que ainda aguardam os resultados dos exames. Destes, 421 em leitos UTI e 320 em enfermaria.
São 1.539 pessoas internadas com suspeita ou confirmação de covid. Para ver o informe completo e o número de casos e mortes por cidade.

O monitoramento da empresa In Loco aponta que o índice de isolamento está em queda no Paraná. A taxa era de 39% na segunda-feira (29) e caiu para 38,2% ontem (30).

O avanço expressivo da covid no Paraná fez com que o governo publicasse um novo decreto, impondo uma “quarentena mais restritiva” nas sete regiões do Estado com situação de enfrentamento à covid mais crítica.

As medidas deveriam entrar em vigor a partir de ontem (1), mas não foi o que aconteceu em algumas das principais cidades determinadas.

Se continuar a desobediência dos prefeitos, o governador Ratinho Junior terá duas opções: sentar com cada gestor municipal e pedir pelo amor de Deus que mantém atividades não essenciais fechadas ou notificar com multas pesadas, o que poderá lhe rendar problemas políticos. Mas salvará vidas.

(Com redação do Paraná Portal).

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro é jornalista com passagens pela Gazeta do Povo, Folha de Londrina e O Estado do Paraná. Foi pioneiro com a criação do jornal eletrônico Documento Reservado e editor da revista Documento Reservado. Escreveu três livros e atuou em várias assessorias, no governo e na iniciativa privada, e hoje é editor de política do Paraná Portal.