Pasmem! O Véio da Havan, cidadão honorário, recebeu os R$ 600

Pedro Ribeiro

luciano hang fake news stf pf

Quando publicamos aqui nossa indignação com a Assembleia Legislativa do Estado que aprovou título de Cidadão Honorário do bolsonarista Luciano Hang, conhecido como “Véio da Havan” e que ficou conhecido pelas suas defesas incondicionais do presidente Jair Bolsonaro, fomos questionados por seguidores cegos que não avaliam conseqüências de suas atitudes.

Pois bem, nesta terça-feira fico sabendo que o Véio da Havan foi beneficiário dos R$ 600 que o governo federal vem distribuindo a pessoas que estão com dificuldades para levar comida para casa com o advento do coronavírus.

A informação de que ele recebeu os R% 600 foi revelada com o vazamento de dados pessoais do presidente Jair Bolsonaro e aliados na noite dessa segunda-feira (1), pelo grupo de hackers “Anonymous”. Hang foi listado como bilionário pela Forbes.

Segundo a revista Veja, os hackers tentaram usar nome, CPF, data de nascimento e nome da mãe do empresário para cadastrá-lo na lista do beneficio. Entretanto, na hora de preencher os dados, o sistema da Caixa informou que Hang já estava cadastrado e que recebeu a primeira parcela do auxílio.

O benefício é concedido a microempreendedores individuais, trabalhadores sem carteira, autônomos que contribuem para o INSS e inscritos no Bolsa Família.

Em nota, o dono da Havan condenou o vazamento de dados e pediu que a Polícia Federal (PF) investigue o caso, tanto pela divulgação de informações pessoais como no cadastro indevido ao auxílio.

Esperamos que ele explique por que recebeu os R$ 600

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal