Pazuello pede para sair e Bolsonaro deve anunciar logo novo ministro

Pedro Ribeiro

Ministério da Saúde recua e nega acordo para compra da vacina Coronavac

 

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, não agüentou a pressão e pediu para deixar o Ministério. A médica cardiologista Ludhmilla Hajjar, é cotada para assumir a pasta. A médica atua na linha de frente da covid-19 nas UTIs dos principais hospitais privados do País e já era um dos nomes mais fortes.

Presidente da Câmara, Arthur Lira levou o nome da cardiologista para Bolsonaro em reunião no sábado. 

A troca no comando da Saúde foi colocada por parlamentares a palacianos como uma forma de segurar a CPI da Covid-19 no Senado. Ministros com assento no Palácio do Planalto entenderam que a pandemia não é “gripezinha” e que o País enfrenta o pior momento da crise. Essa mensagem foi reforçada a Bolsonaro em reuniões durante a semana.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="751123" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]