Pesquisa mostra que 50% apoiam presença dos militares no governo

Pedro Ribeiro

alistamento militar obrigatório, serviço militar, exército, marinha, aeronáutica, forças armadas, alistamento, inscrições, inscrição, jovem,

Levantamento feito pelo Instituto Paraná Pesquisa entre os dias 15 de fevereiro e primeiro de março sobre a participação dos militares no governo Bolsonaro aponta positivo para 50% das pessoas entrevistas e 36,4% negativa.

O Instituto perguntou também se os militares comprometem a gestão de Jair Bolsonaro. Para 53,6% não, enquanto 40,7% sim. Sobre se os militares comprometem a imagem de Bolsonaro, a maioria, 55,1% disse não em 39,1%, sim.

Para 62,1% a presença dos militares no governo federal não representa risco de golpe, enquanto 31,5% acham que sim. 44,8% consideram o governo Bolsonaro autoritário e 49,5%, não.

Em relação à postura de Jair Bolsonaro à frente do Palácio do Planalto, a maioria – 56,9% – respondeu que ele se posta como militar e 34,9% como civil.

Sobre a participação dos militares no combate à pandemia do coronavírus também a maioria respondeu que participa (55,5%) e 23,3% disseram que não.

A uma intrigante pergunta: se o ministro da Saúde, Eduardo Pazanello está conduzindo bem o problema da pandemia, a maioria disse que não, ou seja, para 44,43% não está dentro das expectativas dos brasileiros. 32,7% responderam positivo.

Já 41,1% das pessoas ouvidas pelo Instituto Paraná Pesquisa consideram errada a indicação de um general para dirigir a Petrobras. 40,2% apóiam.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal