Pesquisa mostra que 72,5% são favoráveis à obrigatoriedade da vacina

Pedro Ribeiro

vacinação covid curitiba

A discussão sobre a obrigatoriedade ou não do uso da vacina contra a covid, bem como a exigência de comprovante da mesma para frequentar espaços fechados e eventos em meio à pandemia, são os motivos da pesquisa realizada pelo Instituto Paraná Pesquisa entre os dias dois e cinco de outubro em todo o país. Foram ouvidas 2.226 pessoas. Em relação à vacina, a maioria, 72,5% é a favor de sua aplicação na população brasileira, enquanto 24,6% são contra. Sobre o comprovante, também a maioria, 69,8% concorda com sua exigência e 276,2% discordam.

DERRUBADA

Dois projetos de lei protocolados na Assembleia Legislativa do Paraná nesta semana querem proibir a exigência de comprovantes de vacinação contra a Covid-19 para a realização de determinadas atividades. Apresentadas pelos deputados Ricardo Arruda (PSL) e Delegado Fernando Martins (PSL), as propostas pretendem proibir a exigência, conhecida como passaporte sanitário, sob a justificativa de garantia de liberdades individuais. Os projetos aguardam análise da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), além das demais comissões, antes de seguir para análise dos parlamentares em plenário.

O projeto de lei 525/2021, de autoria do deputado Ricardo Arruda, pretende proibir a exigência de passaporte sanitário de qualquer cidadão no âmbito do Estado do Paraná. De acordo com a proposta, “considera-se passaporte sanitário a comprovação de vacinação como condição para realização do exercício dos direitos e garantias constitucionais previstos no artigo 5º da Constituição Federal”.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="795321" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]