Por que Jair Bolsonaro tem medo da CPI da Covid?

Pedro Ribeiro

Governadores e presidente do Congresso tratam a ajuda financeira para enfrentar pandemia

 

É dúbia a tentativa do presidente Jair Bolsonaro ao pretender “melar” a CPI da Covid. O Presidente da República baixou ao nível de um senador, no caso, Jorge Cajuru, que não é flor que se cheire e não tem credibilidade para tão alta decisão e muito menos para receber uma ligação de Bolsonaro. Ele ganhou uma cadeira no Senado falando bobagens em rádio e TV.

Mas, por que, Bolsonaro está com tanto medo desta CPI se ele esbraveja pelos quatro cantos do País que está fazendo um excelente trabalho em relação à pandemia? Essa temeridade nos leva a crer que há sujeira embaixo do tapete e não necessariamente colocada ali pelo presidente, mas por seus assessores diretos e ministros. Estes, sim, tem que responder ou explicar.

Ao baixar o nível, tentando atrapalhar a CPI, Bolsonaro está dando margem para negociação com o chamado “centrão”, do qual já é refém. O presidente sabe que a moeda de troca é cara, mas nos parece que não tem outra saída a não ser a de que a CPI seja ampliada para Estados e Municípios, já que a decisão em relação a muitas ações do combate à pandemia estava a cargo deles.

Mas é assim que funciona no Brasil. Tudo tem que ser negociado no Congresso Nacional e no Supremo Tribunal Federal, porque não temos um parlamento e uma justiça decente. Enfim, quando, pelo voto, elegemos um presidente, são raras as vezes em que acertamos. Nessa, mais uma vez, parece que erramos.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="757207" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]