Preocupação não salva vidas, secretário Beto Preto

Pedro Ribeiro

Sesa mantém suspensão de cirurgias eletivas no Paraná por mais 30 dias

 

Até parece que a morte não está batendo na porta. Sem um planejamento antecipado, o secretário da Saúde do Estado do Paraná, Beto Preto, ainda não entendeu a gravidade da tragédia e que somente com a vacina é que teremos um pouco de segurança e conseguiremos driblar o vírus e o óbito. Ele continua expressando preocupação e preocupação não resolve o problema. É preciso ação.

Agora Beto Preto anuncia que irá seguir a determinação do Ministério da Saúde para que todas as doses de vacina sejam utilizadas, sem que se reserve a segunda dose. E se diz preocupado. Quando o secretário vai cortar o cordão umbilical que o prende ao Ministério da Saúde e agir como se deve agir para combater e minimizar a pandemia.

“Está errado, equivocado, pois quem já tomou foi informado que a segunda dose será daqui a três meses. Portanto, daqui a três meses temos certeza de que haverá mais vacinas”, observa o ex-secretário de Saúde e presidente da Frente Parlamentar contra a covid, deputado Michele Caputo.

O governo recomenda guardar e o Paraná segue à risca o tal protocolo que, até hoje, só deu problemas.

 

 

 

 

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal