Presidente não demite deputado, mas deputado demite presidente, diz Barros

Pedro Ribeiro

 

O deputado federal, Ricardo Barros (PR), que participou de reunião da bancada paranaense com o ministro da Secretaria de Governo de Jair Bolsonaro, Luiz Eduardo Ramos, fez uma intervenção para dizer que “o presidente não pode demitir deputado, mas o deputado pode demitir o presidente”. Barros disse que gostou da conversa e que Ramos está aberto ao diálogo com parlamentares. Ele garante que não fez o comentário como uma ameaça. Para o deputado, “quanto mais desarticulado o governo”, melhor para o Congresso.

Ao jornal O Globo, Barros disse que “se precisar demitir o presidente nós demitimos, ele não pode demitir o Congresso. A palavra final é nossa, ele é que tem que querer estar de bem conosco. Se ele não quer, está ótimo para nós. O Congresso está vivendo um ótimo momento com essa independência”.

Para Ricardo Barros, o esquema em que o governo optou por governar, sem negociar ministérios com partidos, não dá margem para que deputados sejam cobrados depois por votações específicas. Isso faz com que o Congresso seja mais independente, segundo o deputado federal, eleito pela primeira vez em 1994.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro é jornalista com passagens pela Gazeta do Povo, Folha de Londrina e O Estado do Paraná. Foi pioneiro com a criação do jornal eletrônico Documento Reservado e editor da revista Documento Reservado. Escreveu três livros e atuou em várias assessorias, no governo e na iniciativa privada, e hoje é editor de política do Paraná Portal.