Sintonia Fina
Compartilhar

Pressões no STF sobre prisão em segunda instância

 Intimidações pelas redes sociais em relação à possibilidade de o Supremo Tribunal Federal derrubar a possib..

Pedro Ribeiro - 22 de outubro de 2019, 12:10

O ministro do STF Luís Roberto Barroso participa do Congresso Internacional de Direito e Gênero, na Fundação Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro. Foto: Fernando Frazão/Arquivo/Agência Brasil
O ministro do STF Luís Roberto Barroso participa do Congresso Internacional de Direito e Gênero, na Fundação Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro. Foto: Fernando Frazão/Arquivo/Agência Brasil

 

ANÚNCIO

Intimidações pelas redes sociais em relação à possibilidade de o Supremo Tribunal Federal derrubar a possibilidade de prisão após condenação em segunda instância vem chegando diretamente na corte e já acendeu luz vermelha no Palácio do Planalto.

Segundo nota do Estadão, a intimidação mais agressiva vem de caminhoneiros bolsonaristas, que gravaram vídeos ameaçando novas paralisações caso o ex-presidente Lula saia da cadeia. A ofensiva também chegou aos gabinetes dos ministros, que não param de receber mensagens e ligações para impedir a revisão da atual jurisprudência. Só no gabinete do ministro Luis Roberto Barroso, foram mais de 2 mil telefonemas e 4,5 mil e-mails na semana passada.