Relação entre Bolsonaro e Ricardo Barros está ótima e presidente cita cinco vezes nome de Barros em discurso

Pedro Ribeiro

Deputado diz que Bolsonaro citou nome de Ricardo Barros ao falar suspeitas em compra da Covaxin

 

As relações entre o presidente Jair Bolsonaro e seu líder na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros, estão ainda melhores se considerar que Bolsonaro citou seu nome (Barros) cinco vezes durante seu discurso na cerimônia de sanção da MP que abre caminho para a privatização da Eletrobras nesta terça-feira (13).

Barros está no centro do escândalo envolvendo o contrato para a compra da Covaxin e foi citado pelos irmãos Miranda em depoimento. O deputado está desesperadamente tentando adiantar sua ida à comissão. Até o momento, Bolsonaro não defendeu Barros publicamente.

O parlamentar estava presente na cerimônia desta terça na condição de líder do governo.

Bolsonaro começou sua fala saudando individualmente os parlamentares presentes, inclusive Barros.

Em um segundo momento, o presidente mencionou que ficou “muito tempo no partido de Barros, o PP”.

Na sequência, Bolsonaro comentou a mudança na gestão da usina de Itaipu com a saída do PT do poder, novamente se dirigindo a Barros.

“Pergunte ao governador Ratinho, no Paraná, Ricardo Barros, o que ele acha da Itaipu Binacional.”

Em um curto espaço de tempo, citou o deputado mais uma vez: “fizemos, Ricardo Barros, o alongamento da pista em Foz do Iguaçu“.

Ao fim do discurso, Bolsonaro enalteceu o líder do governo mais uma vez:

“Temos dentro da Câmara, Bezerra [Coelho], Ricardo [Barros], a privatização dos Correios. Se Deus quiser, ela prosperará.”

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="775360" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]