Renan Calheiros, um mal à vida pública nacional

Pedro Ribeiro


 

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), repudiado pela sociedade no último domingo, mostra, mais uma vez, que pouco se importa com as instituições jurídicas e com a nossa carta magna. Com toda sua arrogância e cercado por cangaceiros, o senador alagoano desacatou o Supremo Tribunal Federal e ainda ganhou apoio do presidente Miche Temer, do mesmo partido. A estas alturas do campeonato, a preocupação de Temer está voltada aos projetos que estão para serem votados naquela casa, como o pacote dos custos do governo e a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que se não for votada ainda este ano, prejudicará todos os investimentos do governo no início de 2017. Calheiros está a um passo de vencer esta queda de braço com o STF já que a intenção da ministra presidente da casa, Carmem Lúcia é de botar panos quentes neste entrevero entre o judiciário e o legislativo. Vai para votação em plenário na tarde desta quarta-feira. Analistas políticos e jurídicos já tem um veredicto: vão preservar Renan Calheiros que continuaria como presidente do Senado, mas impedido de assumir, em caso de viagem de Temer, a Presidência da República. E, mais uma vez, os gritos de rua ficam só nos gritos.pedro.ribeiro

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="487556" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]