Requião, o oportunista, deita e rola com rolos de delações

Pedro Ribeiro

 

Quem quiser se divertir, recomendo ler as notas publicadas no twitter do senador e candidato à reeleição, Roberto Requião. Oportunista como sempre, está deitando e rolando em cima das delações do dono da Construtora Valor, Eduardo Lopes de Souza, que denunciou pagamento de mesada – propina – antecipadamente para a campanha do irmão de Beto Richa, José Richa Filho (Pepe), candidato a deputado federal e para o filho, Marcelo Richa, candidato a deputado estadual.

Em nenhum momento fala sobre Valdir Rossoni. Fortalecido pelas denúncias feitas contra o ex-governador Beto Richa por suposto envolvimento de seu e-chefe de gabinete, Deonilson Roldo, em negociata com a Odebrecht para campanha de 2018, Requião diz que não quer a prisão de Beto Richa, mas que ele seja julgado nas urnas.

Requião também aproveita para alfinetar o candidato Ratinho Junior: “Impressionantes as declarações do “Ratinho” sobre as denúncias de corrupção no governo onde era secretário de estado. Impressionantes e explosivas?”.


Requião é assim. Quando tem oportunidade, sai disparando contra todos. Agora, quando é questionado, não gosta, sapateia e tem piti, como foi o caso recente, durante entrevista na rádio CBN de Cascavel. Deixou o estúdio invocando autoridade de senador, pedindo respeito ao repórter.

 

Post anteriorPróximo post
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro é jornalista com passagens pela Gazeta do Povo, Folha de Londrina e O Estado do Paraná. Foi pioneiro com a criação do jornal eletrônico Documento Reservado e editor da revista Documento Reservado. Escreveu três livros e atuou em várias assessorias, no governo e na iniciativa privada, e hoje é editor de política do Paraná Portal.
Comentários de Facebook