Retrospectiva dos 74 anos do Tribunal de Contas do Paraná

Pedro Ribeiro


Uma exposição multimídia reunindo fatos históricos das últimas sete décadas marcará, nesta semana, os 74 anos do Tribunal de Contas do Estado do Paraná.

“Nosso objetivo é demonstrar aos paranaenses o trabalho e a importância dessa instituição que temos a honra de servir e que se tornou referência nacional no controle externo do gasto público”, afirma o presidente, conselheiro Fabio Camargo. O TCE-PR foi fundado em 2 de junho de 1947.

O evento comemorativo noturno será aberto ao público nos dias 24 (quinta) e 25 de junho (sexta-feira), das 18h30 às 22 horas. Devido à pandemia da Covid-19 e à necessidade de manutenção do distanciamento social rigoroso, a exposição ocorrerá no sistema drive-in, no estacionamento do Tribunal, localizado no Centro Cívico, em Curitiba.

Os jornalistas poderão conhecer a exposição nesta quarta-feira (23), a partir das 18h30. A primeira noite é reservada a convidados, membros e servidores do Tribunal, ativos e aposentados, e seus familiares.

A iniciativa do TCE-PR contribui para amenizar a carência de eventos culturais gratuitos nesse difícil período de pandemia. Todo o custo do evento está sendo bancado por patrocinadores.

Atrações

A exposição é composta por um circuito de 300 metros, a ser percorrido durante aproximadamente cinco minutos. Em seus veículos, os visitantes entrarão em um total de sete tendas de 3×3 metros. Em cada uma delas será contada, em som e imagens, a história de uma década de existência do TCE-PR.  Uma tenda de 10×10 metros e um painel de LED de 9×3 metros completam o ambiente.

Elementos – como carros e objetos antigos, registro de fatos e fotos históricas desde 1947 – também compõem o cenário. Atores em trajes de época recepcionarão os visitantes no pórtico de acesso à exposição e nas tendas temáticas.

Os visitantes também receberão panfleto com um código QR, por meio do qual acessarão, via celular, mais informações sobre as atrações do evento.

A comemoração dos 74 anos do Tribunal, além de nostálgica, terá um cunho solidário, com arrecadação de alimentos não perecíveis e agasalhos para doação. Os produtos serão coletados no início do percurso.

 

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="771242" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]