Sem desenho. “O novato inovou muito…”

Pedro Ribeiro


Alceo Rizzi

O constrangimento causado entre seus pares pelo ministro do STF escolhido pelo presidente e recém assentado, não parece tanto motivado pela sua decisão de afrouxamento de julgamento moral ao beneficiar políticos de ficha suja. Seria até relativamente esperado, dado a eventuais compromissos assumidos para vestir a toga.

O que deve incomodar, no fundo, é que foi com muita sede ao pote, não seguiu certo ritual institucional de dissimulado decoro, a política de verniz de credibilidade em que seus pares, com honrosas exceções, executam, a de uma no cravo outra na ferradura. Foi direto na ferradura.

Nada diferente de Gilmar Mendes, Toffoli, Lewandowski, Marco Aurélio e outros mais constrangidos. A ponto de ter motivado emblemático comentário deste último, o ministro que decidiu pela soltura e liberdade condicional do não mais encontrado braço direito do PCC. ” O novato inovou muito”, comentou Marco Aurélio. Não carece nem desenho.

Alceo Rizzi é jornalista

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal