Sintonia Fina - Pedro Ribeiro
Compartilhar

Sergio Moro com um pé no escritório de Nelson Willians

O caminho foi pavimentado e agora só falta o ex-juiz federal e ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, terminar a quarenten..

Pedro Ribeiro - 07 de maio de 2020, 14:05

PR - PALESTRA/SERGIO MORO - POLITICA -  O juiz federal Sérgio Moro, indicado como Ministro da Justiça do Presidente Jair Bolsonaro em palestra de abertura da Conferência Smart Energy e GreenBuilding Brasil, que reúne a 5ª Smart Energy CIEI &#038 EXPO e  a 9º Greenbuilding Brasil Conferência Internacional &#038 Expo e o Fórum de Eficiência Energética da Ashrae. A palestra tem o tema “O Brasil que queremos”, no auditório da FIEP (Federação das Indústrias do Estado do Paraná)  em Curitiba (PR), nesta segunda-feira (05).Foto: Geraldo Bubniak/AGB
PR - PALESTRA/SERGIO MORO - POLITICA - O juiz federal Sérgio Moro, indicado como Ministro da Justiça do Presidente Jair Bolsonaro em palestra de abertura da Conferência Smart Energy e GreenBuilding Brasil, que reúne a 5ª Smart Energy CIEI &#038 EXPO e a 9º Greenbuilding Brasil Conferência Internacional &#038 Expo e o Fórum de Eficiência Energética da Ashrae. A palestra tem o tema “O Brasil que queremos”, no auditório da FIEP (Federação das Indústrias do Estado do Paraná) em Curitiba (PR), nesta segunda-feira (05).Foto: Geraldo Bubniak/AGB

O caminho foi pavimentado e agora só falta o ex-juiz federal e ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, terminar a quarentena para acertar contrato de trabalho com o escritório Nelson Wilians Advogados e Associados, um dos maiores do país.

ANÚNCIO

Amigo de Nelson Willians, Moro deverá ser um dos reforços da corporação que tem também como cliente o governador de São Paulo, João Dória, sócio do advogado em uma aeronave.

Fonte do Paraná Portal sustentam que a negociação está em andamento e que Moro já teria, inclusive, recusado emprego nos Estados Unidos para fazer parte do escritório de advocacia que está presente em praticamente todos os estados do país e sede em São Paulo.

Falamos com a advogada Sandra Comodaro, que participa do escritório e Nelson Willians em Curitiba e amiga pessoal da esposa de Moro, a também advogada Rosângela Moro, que não confirmou a parceria do ex-juiz. Acredita-se que as negociações tenham sido feitas diretamente entre as duas parte.

ANÚNCIO

Moro, que deixou o governo Bolsonaro, onde foi ministro da Justiça, está atualmente sem emprego, aguardando a quarentena para decidir sobre seu futuro, foi protagonista de denúncias contra o presidente Bolsonaro que teria tentado pressioná-lo para a troca no comando da Polícia Federal.

Como não aceitou, deixou o governo e justificou os motivos. Segundo Moro, Bolsonaro queria ter acesso a documentos sigilosos de investigações da Polícia Federal, o que ele não concordava. Pressionou até que demitiu o diretor-geral da PF, Maurício Valeixo, motivo que também fez Moro deixar o governo.

O escritório de Nelson Wilians é um dos mais destacados do Brasil e seu titular tem trânsito nos vários gabinetes dos vários poderes em Brasília. Recentemente ele apareceu como advogado de Rose Miriam, mãe dos filhos de Augusto Liberato, o Gugu, que disputa na justiça o direito de ficar com a herança deixada pelo apresentador.

Willians, no entanto, se destaca como amigo de políticos, como Michel Temer, João Doria e o ex-juiz Sergio Moro.

Apresentado na imprensa como novo milionário, Wilians é donos de aviões e chegou a ceder um deles para deslocamento de João Doria pelo Brasil, quando este, prefeito de São Paulo, fazia pré-campanha a presidente da república.

Segundo o jornal DCM, seu escritório também mantém relacionamento com a esposa de Moro. Circula na internet o vídeo da festa que realizou em Curitiba para homenagear sua sócia, Sandra Marchini Comodaro, agraciada em 2017 com o título de Cidadã Honorária do Paraná, concedido pela Assembleia Legislativa.

Rosângela e Sergio Moro estavam presentes. O ex-juiz, por sinal, quase da mesma idade de Wilians, nasceu e cresceu na mesma região do advogado, em Maringá.

Nelson Wilians nega que Moro vá participar de seu escritório

Em referência a notícia publicada neste jornal dando conta de que o ex-juiz federal e ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, poderia fazer parte do escritório Nelson Wilians, recebemos nota onde o próprio escritório desmente a notícia.

“O advogado Nelson Wilians desmente categoricamente a informação de que o ilustre ex-ministro da Justiça e ex-juiz federal Sergio Moro “deve trabalhar no escritório NWADV-Nelson Wilians e Advogados Associados, sediado em São Paulo’.