Youtub ou Esporte Interativo na transmissão do Atletiba?

Pedro Ribeiro


 

O que assistimos, ontem, na Arena do Atletico, foi uma cena dantesca, patética, protagonizada pela Federação Paranaense de Futebol, uma entidade falida, que se curvou diante da poderosa Rede Globo e não permitiu que a partida entre o Coritiba e o Atletico – maior clássico do futebol paranaense – fosse realizada, alegando que não tinha autorização para a transmissão do jogo via internet. Começa que, para transmitir uma partida de futebol ou um discurso de um político ou qualquer solenidade pública, via Youtub, Facebook ou outro aplicativo, não é preciso autorização.

Agora, tem um lado estranho que, também, precisa ser esclarecido. Mais de 20 pessoas estavam na Arena da Baixada para transmitir a partida pela Internet. Este grande número de pessoas, jornalistas, radialistas, cinegrafistas ou não, leva a uma suspeita. Como o Coritiba e o Atletico não fazem parte do pacote de transmissão pela da Rede Globo, devem ter assinado com a Esporte Interativo, que já tem 15 times na sua lista de patrocinadores para 2019, quando terminar os contratos com a Globo. Então, fica a pergunta: as 25 pessoas que estavam na Arena para transmitir o jogo eram do Youtub ou da Esporte Interativo, empresa multinacional que vem para acabar com o monopólio da Rede Globo?pedro.ribeiro

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal