Campanha incentiva plantio de mudas nativas do Paraná

Mariana Ohde


O governo do Paraná lançou nesta quarta-feira (31) a campanha “Plante Árvores”, que incentiva produtores rurais, moradores de centros urbanos e empresas a plantarem espécies nativas para recomposição de áreas degradadas. A proposta é estimular a recuperação florestal no Estado com as mudas oferecidas gratuitamente pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP).

Segundo o governador Beto Richa (PSDB), desde 2011, o estado ampliou a proteção de mata nativa, incorporando 10,7 mil hectares em áreas de preservação, com a criação de 26 Unidades de Conservação e a ampliação ou regularização de outras cinco. Uma das medidas recentes foi a ampliação da área de proteção da Mata Atlântica em Paranaguá, com o aumento da Estação Ecológica Guaraguaçu e a criação do Parque Estadual do Palmito.

“Estamos provando na prática que é possível conciliar desenvolvimento econômico com a preservação do meio ambiente”, destacou o governador.

Plantio e educação

“O Paraná é um dos estados mais ricos em biodiversidade e o primeiro a disponibilizar mudas de espécies nativas gratuitamente”, disse o presidente do IAP, Luiz Tarcísio Mossato Pinto. “Mas temos deficiências em muitas áreas degradadas e a ideia é incentivar a recuperação voluntária desses espaços, aliando plantio a ações de educação ambiental”, explicou.

Os 19 viveiros do IAP têm capacidade para produzir 10 milhões de mudas, de 80 espécies diferentes por ano. Em 2017, foram doadas 1.188.258 mudas que foram plantadas em 144,4 mil hectares. O Instituto possui sistema de acompanhamento on-line para monitorar o uso das sementes. “Esse é um fator importante, porque não adianta sair doando muda se você não cuida dela”, disse Tarcísio.

Parceria

Desenvolvida pelo IAP e secretarias de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos e da Comunicação Social, a campanha Plante uma Árvore oferece uma carteira de ações que poderão ser desenvolvidas por entidades públicas e privadas em parceria com o órgão ambiental. Cada uma delas é voltada para um público específico e destaca a importância de cada árvore, para que a população possa conhecer os benefícios de cada uma e aprender mais sobre suas características.

Segundo o secretário de Estado do Meio Ambiente, Antônio Carlos Bonetti, haverá divulgação por meio da estrutura do Estado e com parceiros. “Faremos uma divulgação maciça pela rede social e também buscaremos apoio de empresários, como os de setores vinculados ao agronegócio”, explicou.

A Cooperativa Integrada de Londrina, que é parceira do IAP há décadas, está junto também nesta campanha, informou sua representante no evento, Ana Lúcia de Almeida. “Vamos ajudar a disseminar”, disse ela. A ideia é inserir o Plante Árvores nos projetos da cooperativa e levá-los aos cooperados. Além disso, a campanha deverá agregar valor ao projeto da cooperativa de preservação da água, que tem diversas ramificações como educação ambiental nas escolas.

Como solicitar mudas

Para conseguir uma muda, o cidadão deve entrar no site do IAP, clicar no ícone “Requerimento de Mudas Nativas” e preencher o cadastro. Após enviar os dados, os requerimentos passam pela análise do IAP e, uma vez aprovado o pedido, recebe um e-mail informando o viveiro que irá atendê-la. Na retirada das mudas é necessário apresentar duas guias do requerimento impressas.

Embora o público prioritário sejam os pequenos produtores rurais, as mudas são doadas para quem quiser contribuir com o reflorestamento de árvores nativas do Estado, desde que sejam plantadas em propriedades particulares. Os viveiros do IAP não doam mudas para arborização urbana.

Para os proprietários rurais, as mudas são destinadas de acordo com a necessidade detectada no Cadastro Ambiental Rural (CAR).

Previous ArticleNext Article
Repórter no Paraná Portal
[post_explorer post_id="481962" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]